A comissão processante foi criada na sessão do dia 13 de novembro com 17 votos a favor.

Vereador de Suzano consegue na justiça liminar que anula comissão processante contra ele O vereador de Suzano, Lisandro Luís Frederico (PSD), conseguiu na justiça a anulação da comissão processante que apurava denúncias de corrupção contra ele. Na decisão liminar, a juíza Luciene Pontirolli Branco acatou os argumentos da defesa e segundo ela, a ata da sessão indica que os membros da comissão processante não foram escolhidos por meio de sorteio, como determina uma lei federal. A comissão processante foi criada na sessão do dia 13 de novembro com 17 votos a favor.

De acordo com a denúncia, quatro ex-assessoras do vereador Lisandro afirmavam que tinham que fazer doações para o gabinete e para a ONG dele de proteção.

Em nota a Câmara de Suzano informou que ainda não foi intimada sobre a decisão que anulou a comissão processante e que por isso não vai se manifestar sobre o assunto.

O vereador nega a acusação de corrupção e diz que denúncia foi feita por motivação política.